Print Friendly, PDF & Email

O número de idosos no Brasil cresceu 50% em uma década, segundo o IBGE. Nos últimos 10 anos o Brasil ganhou 8,5 milhões de cidadãos acima de 60 anos. Essa parcela da população deve chegar a 38 milhões em 2027, atingindo quase 20% da população brasileira em 2030.

Hoje, no Japão, as pessoas acima de 65 anos representam 26% da população total. Esta é a proporção mais alta do mundo e o Brasil caminha a passos largos nessa direção.

O mercado da saúde, no qual está inserido o fitness/welness, tem uma grande importância para a manutenção da funcionalidade e qualidade de vida da população idosa – nos aspectos físico, mental e social.

Mas para que realmente possamos fazer a diferença nesse segmento precisamos olhar para os países que já passaram por essa transição demográfica e aprenderam como proporcionar experiências relevantes para o idoso.

O jornal Nikkei Asian Review publicou uma reportagem a respeito do fitness para a terceira idade no Japão. Compartilho a matéria abaixo:

espaço-de-convivência

Grande parte da academia é dedicada a uma área de convivência

“O AEON do Japão fica grisalho com ginásios para idosos.”

Os centros de fitness irão se concentrar na socialização pelo exercício.

Tóquio – O grupo de varejo Aeon lançará centros de fitness para idosos, entrando em um segmento de negócio de rápido crescimento no Japão. Os ginásios 3fit enfatizam a socialização dos membros através de exercícios vigorosos.

Os locais padrão terão 250 – 350 metros quadrados de espaço, sendo que metade desse espaço será dedicado a um salão com TV, máquinas de venda automática e revistas. Os membros podem entrar e sair a qualquer momento, já que não é necessário nenhum tipo de vestimenta específica para os exercícios.

As máquinas de alongamento compõem cerca de 40% dos equipamentos, e os centros de fitness terão número limitado de equipamentos com peso. Os cartões de adesão servirão também como um rastreador de atividades – Tanita.

O dispositivo funciona como um rastreador de odômetro e calorias e informações como pressão sanguínea e gordura corporal medidas no ginásio serão registradas automaticamente no sistema Tanita.

Um local de teste estreou na cidade de Kashiwa, em Chiba, no segundo andar de uma loja de produtos com desconto. A Aeon quer inaugurar 10 academias por ano, principalmente nos subúrbios de Tóquio.

Algumas academias estarão dentro de supermercados do grupo. Para atrair idosos para lojas da empresa, a Aeon vem projetando lojas com foco em saúde e fitness. As academias oferecem cada vez mais programas para idosos, que tendem a ser membros mais leais do que as gerações mais novas.

Mais do que resolver problemas, precisamos pensar em como resolver também necessidades e, com isso, fazer parte efetiva e atuante na economia e no mercado da longevidade.

Esse é o objetivo do II Workshop sobre longevidade que será realizado no dia 24 de março, em São Paulo. Clique no banner abaixo e garanta sua vaga.

II-workshop-sobre-Longevidade

 

Deixe um comentário

Comentários